Qual o seu testemunho neste instante?

Qual o seu testemunho neste instante?

Moisés envia 14 espias à Terra de Canaã. A Bíblia menciona que estes eram príncipes dentre as tribos de Israel. A missão, inspecionar a terra. Densidade demográfica, poder militar, organização social, estrutura urbana, vegetação e qualidade do solo, eram itens do relatório a ser apresentado ao final daqueles 40 dias. Juntamente com os documentos a serem gerados o resultado do projeto é solicitado – e tomai do fruto da terra.

Interessante observar no texto que Moisés constitui uma equipe, detalha os itens do planejamento estratégico da missão, delega poderes aos seus liderados, motiva-os e pede o comprometimento de cada um deles, resumindo com a expressão – esforçai-vos.

Ao final dos 40 dias os espias retornam. O relato dos príncipes foi uníssono e o resultado apresentado – E contaram-lhe, e disseram: Fomos à terra a que nos enviaste; e verdadeiramente mana leite e mel, e este é o seu fruto. Infelizmente, porém, o foco de 12 dos 14 espias não foi o grande potencial da terra, mas as suas dificuldades, seus desafios – cidades grandes e fortificadas, um povo mais numeroso e mais forte.

No entanto, dois homens mantêm-se firmes e chamam o povo a unir-se, Josué e Calebe. Salientam que chegaram até ali e não poderiam desistir, que certamente prevaleceriam. Conclamam a confiar em Deus que esteve com eles no deserto e lhes deu vitória dia após dia. Tarde demais, o povo é enfraquecido e Canaã ainda não seria conquistada. Apenas Josué e Calebe estariam vivos para testemunhar a ocupação da terra prometida pela futura geração.

Refletindo nesta passagem do Livro de Números, capítulos 13 e 14, na Bíblia Sagrada, faço uma correlação com o atual momento do nosso país. Em um verdadeiro divisor de águas, vejo o Brasil sendo passado a limpo. Somos uma nação continental, rica em recursos naturais, dona de uma grande quantidade de solo agricultável, alguns frutos de uma terra abençoada por Deus. É o tempo das primícias. Precisamos mudar o foco. Não olhar para os desafios como gafanhotos diante de gigantes, mas como um povo forte e vencedor. Quero estar ao lado dos Josués e Calebes de agora. Quero testemunhar para esta e as futuras gerações. Neste 07/09/2017 ore para que Nosso Deus transforme a nossa pátria, e trabalhe com a certeza desta conquista.

Minha Pátria para Cristo!

Eis a minha petição.

Minha Pátria tão querida,

Eu te dei meu coração.

Salve Deus a minha Pátria,

Minha Pátria varonil!

Salve Deus a minha terra,

Esta terra do Brasil! (Cantor Cristão, hino 439)